Emagrecimento

Como funciona o jejum intermitente

Como funciona o jejum intermitente

Falar sobre esse assunto não é nenhuma novidade, afinal, muita gente já ouviu falar ou tem curiosidade de saber como fazer jejum intermitente com saúde. Mas, você já se perguntou como de fato funciona o jejum intermitente?

Para saber mais detalhes sobre esse método e descobrir por onde começar, acompanhe o conteúdo exclusivo do Desinblog que apresenta diferentes tipos de jejum, seus benefícios, dicas e orientações para se beneficiar desse estilo de vida. Boa leitura! 

O que é jejum intermitente?

Essa estratégia alimentar está cada vez mais se popularizando entre os adeptos de um estilo de vida equilibrado e saudável. Em resumo, o jejum intermitente é uma prática que, aliada a outros hábitos, pode auxiliar na manutenção do metabolismo e trazer mais saúde para o corpo

Existem diferentes protocolos, variando na estratégia principal e no intervalo de horas entre as refeições. Confira abaixo alguns tipos de jejum intermitente e descubra qual o melhor pra você!  

Tipos de jejum intermitente

Se tratando de jejum, existem práticas e estratégias diferentes, cada uma com sua particularidade. Identificar suas diferenças é importante encontrar a que mais combina com seu estilo de vida:

Jejum 5:2

Esse tipo de jejum propõe a restrição calórica em dois dias intercalados na semana, ou seja, cinco dias de alimentação “normal” e dois dias de consumo reduzido (em média 25% das calorias diárias).

Jejum 24 horas 

Esta técnica também é conhecida pela expressão em inglês “eat-stop-eat”, que consiste em fazer uma refeição e repeti-la somente após 24 horas. Funciona assim: se a refeição foi um jantar às 21h, a próxima no mesmo horário, no dia seguinte. Durante o jejum, podem ser ingeridos líquidos sem calorias. 

Jejum 16:8 

Aqui, o jejum é dividido em 16 horas seguidas de uma janela de 8 horas de alimentação. Muitas pessoas usam essa estratégia, jantando no fim da noite e se alimentando apenas após meio-dia, no almoço do dia seguinte.

Jejum 20:4

Essa técnica de jejum dura 20 horas e é conhecida como Dieta do Gerreiro, liberando apenas alguns itens específicos que não quebram o jejum. Após o período de restrição, são 4 horas para se alimentar. Contudo, as escolhas devem ser saudáveis e coerentes.

Afinal, como funciona o jejum intermitente? 

Quando acompanhado de um profissional capacitado, um protocolo saudável para períodos de restrição de alimentos faz com que o corpo induza o estado cetogênico, que é quando o organismo utiliza a gordura corporal para garantir sua energia

A glicose é o combustível principal do corpo, mas durante o jejum, a ingestão de carboidratos diminui. Daí, é como se o corpo fosse forçado a buscar novas alternativas para se manter, como a gordura que está estocada, por exemplo. Esse hábito, se feito corretamente, estimula os corpos cetônicos a trabalhar levando energia para o cérebro e restante do corpo.

Assim, o jejum rearranja a concentração dos hormônios que ajudam na adaptação do corpo a nova quantidade de aporte energético. O cérebro é estimulado e nutrido para aumentar suas habilidades celulares e ativar alterações no metabolismo que ajudam o corpo a fluir melhor! 

Dicas importantes sobre jejum intermitente

Essa prática, apesar de acessível, deve ser feita com cautela, pois agir sem conhecimento pode resultar em insatisfação e excessos. Por isso, fique atento a algumas recomendações:

Curtiu saber dessas informações? Conheça a loja online Desinchá e aproveite também para dar uma passadinha no Desinblog, repleto de temas interessantes e dicas incríveis para uma rotina mais saudável!

Avalie post

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também