Autocuidado

6 dicas para melhorar a cognição

6 dicas para melhorar a cognição

Com a rotina diária corrida, o cérebro precisa processar mais informações e pode ser que em algum momento nos deparamos com situações em que a cabeça dá um “branco”. 

Com a idade, isso pode se acentuar, por isso, optar por mudanças em certas atitudes no dia a dia pode ajudar na otimização das capacidades cerebrais. Confira o conteúdo a seguir que apresenta dicas incríveis de como melhorar a cognição. Boa leitura!  

O que é desempenho cognitivo?

Reconhecemos como desempenho cognitivo a capacidade do cérebro de realizar, processar e perceber diversas tarefas úteis. A cognição é o que garante a realização de atividades cotidianas e o processamento desses dados.  

Em resumo, a cognição nos ajuda a:

Atitudes que auxiliam na cognição

Para garantir boas capacidades neurológicas e cultivar a saúde do cérebro e da memória, existem atitudes que potencializam resultados e garantem mais qualidade de vida a curto, médio e longo prazo. 

Priorizar um estilo de vida mais saudável e incluir ações a nível físico, psicológico e social é a melhor forma de cuidar do cérebro! Confira abaixo algumas dicas:   

Alimentação saudável e equilibrada

É através da alimentação que absorvemos os nutrientes necessários para os processos metabólicos que auxiliam a ter mais disposição e energia. Quando não é provido de substâncias boas e saudáveis, o corpo todo fica mais lento e encontra vários obstáculos e isso consequentemente, afeta o cérebro. 

Por isso, priorize alimentos que nutrem genuinamente o corpo, principalmente aqueles com vitaminas e minerais, como também os ricos em ômega 3, ideais para agir no funcionamento cerebral. 

Praticar atividade física regularmente

O exercício regular é um hábito que deve ser cultivado ao longo de toda a vida, pois é através de tais práticas que o corpo ativa e melhora o transporte de sangue e oxigênio que afeta diretamente o cérebro e o potencial neural. 

A dica aqui é começar aos poucos e evitar esforços excessivos, respeitando as limitações individuais. É possível realizar atividades de menor impacto e práticas integrativas, como fazer exercícios de respiração, meditação e yoga, por exemplo.

Cultivar hábitos de leitura e jogos estimulantes

A prática da leitura é uma incrível aliada no desenvolvimento cognitivo em todas as faixas etárias. Jogos lúdicos e criativos também incentivam a gestão de informações no cérebro. 

Essas atividades ativam as sinapses cerebrais, que ocorrem quando os neurônios e receptores se comunicam para transmitir sinais ao cérebro. Completar caça-palavras, jogar xadrez, damas e até mesmo jogos modernos de smartphone contribuem na melhora do aprendizado e da memória. 

Descanso e sono de qualidade

O cérebro, assim como os outros mecanismos do corpo, precisam de descanso para se restabelecer. É durante o sono que acontece a manutenção das funções celulares, onde os hormônios atuam para restabelecer a saúde e o bem-estar.

Não adianta se alimentar bem e realizar atividade física se não dormir o suficiente, por isso, a dica é valorizar cada hora dormida e evitar a privação de sono. Busque valorizar o descanso e criar ainda mais momentos de relaxamento e conexão interior. 

Suplementação adequada

Existem suplementos de origem natural que auxiliam no aprimoramento e preservação do cérebro. Um exemplo é o suplemento para cognição Neuro Boost da Desin, com alto teor de cálcio e magnésio. 

A cafeína, por exemplo, contribui para o foco e mantém a mente alerta, afastando a fadiga. O ômega 3 auxilia na proteção contra lesões no cérebro e nas membranas cerebrais, enquanto as vitaminas do complexo B contribuem na concentração e memória.  

Buscar novos temas de estudo e interesse 

A última dica incentiva a busca por novas interações e conteúdos inéditos. Seja através do estudo de temas desconhecidos, incentivando a busca por conhecimento, ou por que não se desafiar em uma atividade nova? 

Conhecer novos lugares e pessoas, por exemplo, são iniciativas que incentivam o funcionamento cerebral, fazendo com que saia da zona de conforto. Inserir-se em novos contextos sociais é uma boa sugestão para buscar desafios e possibilidades únicas.   

Curtiu saber dessas dicas? Acesse agora mesmo o site da Desin e garanta mais saúde e eficiência para o seu corpo!

Avalie post

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também