Nutrição

Falta de vitamina D: quais os principais sintomas

Falta de vitamina D: quais os principais sintomas

O corpo humano precisa de uma série de vitaminas e nutrientes para funcionar adequadamente e se manter saudável. A maioria dessas substâncias podem ser adquiridas através da alimentação, mas é importante ficar atento, pois nem sempre é possível suprir toda a necessidade do organismo de vitaminas com alimentação. A falta de vitamina D é, por sinal, muito comum e precisa ser observada de perto.

Alguns fatores, como idade maior do que 50 anos e residir em lugares com pouca incidência de sol podem agravar a falta de vitamina D, mas todos devem ficar atentos às dosagens e verificar sempre por meio de exame de sangue se ela está na quantidade adequada. A seguir, você poderá conferir alguns sinais que o corpo dá quando a vitamina D está em falta. Confira!

O que é falta de vitamina D

A falta de vitamina D é quando os níveis dessa substância estão abaixo do esperado. Essa falta pode trazer consequências, por isso, é importante suprir as necessidades do corpo assim que a falta é detectada. De acordo com os valores de referência, considera-se deficiência grave quando os níveis estão abaixo de 20ng/ml e deficiência leve entre 21 e 29ng/ml. Os valores adequados devem partir de 30ng/ml.

É importante lembrar que esses são apenas padrões de referência, é sempre importante consultar um médico para que ele possa definir quais são os valores ideais para sua necessidade. 

Falta de vitamina D: sintomas

Confira a seguir os sintomas que a falta de vitamina D pode causar no corpo.

Dores

A falta de vitamina D pode ser observada quando se tem muitas dores musculares, fraqueza e dor nos ossos. Essa sensação pode acontecer em qualquer idade, por isso, se houver queixas constantes de dores, a falta dessa vitamina deve ser investigada.

Atraso no desenvolvimento em bebês

Bebês e crianças com falta de vitamina D tendem a ter ossos e músculos mais frágeis, o que traz mais fraqueza para o corpo. Dessa forma, eles podem demorar mais a engatinhar, andar e até a crescer. As pernas também podem ficar arqueadas e os dentes podem demorar mais a nascerem.

Espasmos

Tanto as crianças quanto os adultos podem sofrer espasmos, ou seja, um tipo de tremor rápido e involuntário. Esse pode, também, ser um sinal da falta de vitamina D no organismo.

Mal estar e fraqueza constantes

A sensação de estar sempre fraco e com mal estar é um fator que pode indicar deficiência de vitamina D no corpo.

Reposição de vitamina D

Apesar de muito se falar sobre o hábito de tomar sol para aumentar as concentrações de vitamina D no corpo, a recomendação de muitos médicos tem sido realizar a suplementação em cápsulas.

Isso acontece porque, ao apenas tomar sol, não é possível saber em quanto tempo o corpo vai absorver essa substância, além de que, é preciso ficar sob os raios solares entre 11 horas e meio-dia para que ela faça o máximo efeito, expondo o máximo de pele possível. Dessa forma, tendo em vista a rotina e o dia a dia da maioria das pessoas, considera-se quase impossível absorver a quantidade necessária da vitamina apenas com essa prática.

Por isso, o mais seguro tem sido investir em uma boa suplementação de vitamina D, para que o organismo tenha as doses necessárias e não chegue a apresentar os sintomas citados neste neste artigo. 

A Desin conta com a suplementação de Vitamina D3 em cápsulas e também em formato de balinhas. Escolha a sua favorita e faça a suplementação corretamente para manter a saúde em dia!

Avalie post

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também