Nutrição

Para que serve o gengibre: saiba tudo sobre seu sabor e aroma estimulante

Para que serve o gengibre: saiba tudo sobre seu sabor e aroma estimulante

Embora seja uma raiz amplamente incorporada na culinária e medicina, muitas pessoas ainda não sabem para quê serve o gengibre. Oferecendo uma experiência sensorial completa, seu sabor único, distintivo e estimulante traz muitas vantagens para a saúde. 

Pensando nisso, a Desinchá explora neste artigo os principais pontos positivos do gengibre, apresentando diferenciais, curiosidades, vantagens para a saúde e receitas que levam esse ingrediente. Boa leitura!

A origem do gengibre

O gengibre possui uma longa história de uso em diferentes culturas, que além de adicionar aroma com um toque mais picante para diferentes pratos culinários, proporciona uma série de propriedades benéficas.

A história do gengibre começa precisamente nas regiões tropicais do sudeste da Ásia. 

O gengibre officinale, o qual é popularmente conhecido como gengibre, é pertencente da família Zingiberaceae, sendo cultivado principalmente por raízes subterrâneas, chamadas de rizoma, sendo uma parte muito utilizada na culinária e medicina.

O gengibre existe há milênios, onde inicialmente era cultivado na Índia e China antigas. Com o passar do tempo, a planta foi sendo difundida para várias regiões do mundo,  impulsionada por rotas comerciais e também por intercâmbios culturais. 

Durante o período da Idade Média, o gengibre foi uma especiaria valiosa em toda a Europa, sendo considerado um item comercial de muita importância. 

Como exemplo, o gengibre era utilizado em Roma para temperar molhos de frangos e carnes. Já no Brasil, passou a ser introduzido no século XVI, com a chegada dos portugueses. 

Atualmente, o gengibre é altamente cultivado em diferentes regiões tropicais e subtropicais espalhadas ao redor do mundo, incluindo China, Índia, Nigéria, Jamaica e Brasil.

A versatilidade permite aplicações diversas, tanto na culinária como na medicina, tornando o gengibre uma planta popular e apreciada por várias culturas ao redor do mundo.

Conheça a composição nutricional e propriedades do gengibre

O gengibre apresenta uma composição nutricional que proporciona uma série de vantagens para a saúde humana, sendo frequentemente utilizado para alívios, como náuseas e vômitos, além de fortalecer o sistema imunológico. 

Confira abaixo, alguns dos nutrientes presentes no gengibre:

Pontos positivos do gengibre para a saúde digestiva

O gengibre também é reconhecido por proporcionar uma série de benefícios para a saúde digestiva, com eficácia contra possíveis problemas que podem estar relacionados ao sistema digestivo.

Entre os principais benefícios para a saúde digestiva, estão o alívio contra náuseas e vômitos, atuando como um medicamento natural. Estudos apontam que alguns de seus compostos bioativos, como o gingerol, podem garantir efeitos antieméticos.

Esses efeitos auxiliam na prevenção e no alívio de sintomas que podem ser associados a enjoos, que podem ser causados por gravidez, quimioterapia ou outros fatores.

Além disso, também proporciona outras vantagens para o sistema digestivo, como:

Impactos positivos do gengibre no sistema imunológico

O gengibre também possui uma grande contribuição para o sistema imunológico humano, devido ao seu desempenho crucial para o fortalecimento de defesas do corpo contra as infecções. 

Entre os principais mecanismos nas quais o gengibre contribui para a saúde imunológica, o de maior destaque é a contribuição para o estímulo de produção de citocinas.

Nesse sentido, o gengibre é responsável por estimular a produção de citocinas, conhecidas por serem proteínas reguladoras, essenciais para comunicação entre células do sistema imunológico. 

Algumas citocinas, como interferons e interleucinas, são responsáveis por desempenharem um ótimo papel para resposta imunológica contra bactérias e vírus. Além disso, também possui:

Vale ressaltar, que o gengibre faz parte do Política e Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos do SUS, um programa do governo que garante o acesso seguro e o uso racional de plantas medicinais e fitoterápicos

Formas de consumo e receitas para utilizar o gengibre

Existem diferentes receitas para o consumo do gengibre de maneira adequada. Destacamos algumas receitas práticas para o consumo do gengibre. Confira:

Chá de gengibre

Suco de gengibre

Molho de gengibre para saladas

Acompanhe mais sugestões saborosas na aba receitas

Importante! Não exagere, o consumo do gengibre deve ser limitado. Para identificar o consumo considerado seguro, é importante a consulta por um profissional de saúde especializado. 

Essa recomendação é especialmente importante para alguns casos, como gestantes, lactantes ou pessoas com condições médicas específicas.Com recomendação de um profissional da saúde, é possível incorporar a quantidade de gengibre adequada conforme suas necessidades. 

E aí, gostou de saber para que serve o gengibre? Então, conheça o Desinchá 10 – Limão com Gengibre. Possui um sabor extremamente refrescante e pode ser consumido em qualquer horário. 

Fonte: 

https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-577618

https://zonacerealista.com.br/blogs/blog/compostos-do-gengibre-sao-poderosos-antivirais

https://www.gov.br/saude/pt-br/composicao/sectics/daf/pnpmf/ppnpmf

Avalie post

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também